8 negócios online para jovens com pouco dinheiro

comercio electronico

Quando somos jovens, geralmente não temos muito dinheiro poupado, nem o suficiente para iniciar um negócio. A Internet tornou possível fazer negócios com muito pouco dinheiro, e é aí onde os jovens entram.

Não todo mundo é capaz de montar um negócio online porque a Internet trabalha com regras diferentes, um problema que os jovens, em geral, não têm. A coisa mais benéfica da Internet é a capacidade de impactar que temos, sendo capaz de operar em todo o mundo a partir de nossa casa.

Portanto, encontramos 8 empresas on-line para jovens com pouco dinheiro e que desejam ter o seu próprio negócio.

1.- Resenhas

Evitando a controvérsia de se tratar de um trabalho ético ou não, as resenhas são precificadas na internet e muitas empresas estão dispostas a comprá-las. Por razões de ética, não recomendamos que você se dedique a isso porque, por exemplo, a Amazon proíbe as contas de pessoas que são usadas dessa maneira.

É um negócio online que está sendo desenvolvido nos últimos anos. Não é necessário investir nada, mas basta oferecer nossos serviços.

 

2.- Assessor ou consultor

Se você conhece bem as redes sociais e sabe como funcionam as lojas on-line, ser um assessor ou consultor pode ser um ótimo negócio. A única desvantagem que encontramos é que você precisa ter muitos contatos para poder viver disso, mas se somos bons profissionais, isso não será um problema.

Onde esses serviços têm mais demanda é, em web design, posicionamento e redes sociais, especificamente no Instagram.

 

3.- Copywriter

O conteúdo que encontramos na internet tem um valor, por isso é pago ao escritor quem o faz. De fato, essa profissão não precisa de nenhum investimento; no máximo, você pode investir na criação de um site para oferecer  os seus serviços. Trata-se de ser um editor de temas, como tecnologia, informática, saúde, finanças, marketing ou negócios online.

Para ser um editor, precisaremos simplesmente de boa ortografia, boa gramática e textos elaborados que envolvam o público.

 

4.- Blogging

Essa profissão está se tornando muito famosa, embora o Instagram se está comendo os blogs. De qualquer forma, se formos bons, podemos conseguir levar nosso blog ao top, então essa opção ainda é viável. Tudo o que precisamos é:

  • Ter boa ortografia e gramática.
  • Saber como se comunicar.
  • Paixão por informar os usuários sobre um tema, que geralmente são produtos e experiências.
  • Um blog ou site no qual fazê-lo, com a manutenção correspondente.

Podemos obter rentabilidade no momento em que as empresas desejem nos fornecer seus produtos em troca de uma boa revisão. Além disso, podemos ativar espaços em nosso blog para que eles possam se anunciar, ganhando também dinheiro pelos cliques.

 

5.- Designer gráfico

Simplesmente precisamos ter muito bom gosto e saber como lidar com as ferramentas necessárias, como o Illustrator, por exemplo. O investimento pode variar, dependendo se estudamos para obter uma formação adequada ou não. Nesse caso, recomendo que você estude e treine nessa área, porque poderá fazer um trabalho mais profissional, o que atrai mais clientes.

Muitas empresas procuram logotipos, designs ou qualquer coisa para pôsteres, etiquetas ou marcas. Nesse caso, com um computador e nosso conhecimento, é suficiente.

 

6.- Fotógrafo

Qualquer loja on-line precisará fazer um book de todo o catálogo de produtos, se quiser vender a um valor respeitável. Portanto, eles precisarão contratar um fotógrafo para fazer todo o trabalho para eles, e esse fotógrafo pode ser você, o leitor o leitora que nos lê. Sem dúvida, é um dos negócios on-line para jovens com pouco dinheiro mais atraente.

Um fotógrafo, se funcionar bem, pode ganhar muito dinheiro, então embaralhe esta opção. Obviamente, teremos que investir dinheiro em ter uma equipe profissional, que custa muito dinheiro. No entanto, podemos amortizar o investimento com 2 ou 3 contratos importantes.

 

7.- Chatbots

As grandes empresas estão começando a exigir chatbots para suas diferentes departamentos de vendas, marketing, atendimento ao cliente e outros. Provavelmente, você não sabe disso, mas eles levam as empresas a aumentar as receitas, reduzindo os custos. A criação destes é muito simples e não há necessidade de conhecimento bárbaro.

Com o Chattypeople, você pode criar um chatbot para empresas nuns poucos minutos, o que nos seduz com a idéia de criar uma empresa de criação de chatbots para oferecer um B2B de manual.

 

8.- Dropshipping

Este modelo de negócios teve o seu boom há vários anos, mas continua sendo uma opção viável. Trata-se de chegar a um acordo com um fornecedor para vender seu produto a um cliente, como se fosse um comercial. A cada venda, ganhamos uma comissão, mas assumimos o atendimento ao cliente e o serviço pós-venda do produto.

Isso tem seus prós e contras, mas tem o que estamos procurando: com apenas 50 €, podemos começar a vender produtos por meio dessa modalidade.

comercio electronico

Esses 8 negócios on-line para jovens com pouco dinheiro são totalmente viáveis e podem ser realizados com sucesso. Sempre teremos que fazer um estudo de mercado primeiro para saber se é um negócio lucrativo ou não. Dito isto, se você tiver perguntas de qualquer tipo, não hesite em nos contactar, como escrever abaixo.

LEIA MAIS ARTIGOS SOBRE Ideias de negócios online 2019

Leave a Comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *