O consumo como ato político

agenda-gcrs (800x600)

“O consumo como ato político”. Esse foi o lema construído nos três dias do III Encontro da Rede Nacional de Grupos de Consumo Responsável, que ocorreu em São Pedro-SP de 7 a 9 de agosto.  O evento contou com a presença de 22 grupos de consumo responsável dos estados de São Paulo, Minas Gerais, Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul, Ceará, Bahia, Amazonas e Mato Grosso. A Feira Virtual Bem da Terra também esteve representado no encontro que teve entre suas finalidades a troca de relatos das mais diversas experiências em consumo consciente, comércio justo e economia solidária no Brasil.

O evento organizado pelo Instituto Kairós teve diversas atividades e pontos de discussão, dentre as quais:

  • Apresentação do resgate sobre o histórico da Rede Nacional de GCR;
  • Trocas de experiências e debates sobre os desafios e conquistas dos GCRs ao longo do tempo;
  • Apresentações de trabalhos realizados pelo Kairós em parceria com alguns GCRs que atuam como “Bases de Serviço em economia solidaria”, dentro do projeto com a Senaes/MTE, como estudos de viabilidade econômica, plano de logística e pesquisa comparativa de preços de hortalicas em cidades de diversas regiões do pais, esta última a ser lançada em breve;
  • Bate-papo com produtores do Rede Guandu (GCR de Piracicaba) sobre como é participar de um GCR;
  • Avaliação e continuidade do software para os GCR, disponível no Cirandas.net a partir da criação de uma comunidade, utilizado pelos GCRs: Bem da Terra/RS, Uilikandé/SP, Rede Agroecologica Caiçara/SP; ComerAtivaMente/SP e RedeMoinho/BA;
  • Apresentação do Portal do Consumo Responsável, em desenvolvimento pela Cooperativa EITA, que pretende ser um espaço para busca de práticas, portal de notícias e acervo de materiais sobre o tema, além de estar linkado à um aplicativo de celular – o Responsa – para integração das práticas e busca de produtos e serviços em todo o país, que segue em pré-teste;
  • Participação dos GCRs no Sistema Nacional do Comércio Justo e Solidário (SCJS) e cadastro no CADSol (Cadastro Nacional de Empreendimentos Econômicos Solidários);
  • Debate sobre a identidade nos termos consumo responsável e Grupo de Consumo Responsável, buscando um vínculo mais permanente e a possibilidade de mais ações em conjunto;
  • E ao final do encontro houve uma plenária de encaminhamentos, em temas como: agendas, logística conjunta; coordenação, continuidade e modo de integração à Rede.

Conheça o instituto e obtenha mais informações em institutokairos.net/

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *